domingo, 24 de abril de 2011

GRÃOZINHO DE AREIA

Um dia desses eu estava um pouco aborrecido, sai para o quintal, o ar corria fresco depois de um dia quente e árido. Não era assim, aqui o clima sempre foi muito agradável, mas a ganância está nos transformando. Ao redor imenso canaviais formam um deserto verde nocivo ao meio ambiente e ao homem. O vermelho das queimadas é sempre visto no horizonte tornando ainda mais insuportável o nosso clima.

Olhei para o céu a Lua avermelhada, antes tão linda com sua cor prateada, as estrelas ofuscadas, o céu não é mais céu. Agora é lugar de jogar o lixo do homem.

O nosso pequeno planeta azul, nesse universo de galaxias e sistemas solares é um grãozinho de areia, e nós somos menores doque isso, porque vivemos sobre esse grãozinho e dele dependemos em tudo.

Refletir sobre isso é válido, a arrogância nos faz esquecer quem somos...