segunda-feira, 3 de outubro de 2011

:::Deus como te amo (Dio come ti amo)




Esse filme marcou a minha vida, passaram-se os dias,os meses, os anos...O tempo...

Mas a emoção ao ouvir essa musica ainda continua forte.

Quando o vi ainda era um jovem adolescente, e naqueles  tempos o que  realmente valia era o amor puro, com sentimentos carregados de emoções ao extremo, a ponto de dizer a Deus sobre esse amor: "Deus como te amo" (Dio come ti amo)

Quando o amor nascia vinha de dentro da alma,  portanto longe do amor material ancorado na beleza carnal dos tempos modernos.

Que pena que mudamos tanto!...


VEJA MAIS CLIQUE AQUI:::Deus como te amo (Dio come ti amo)


domingo, 2 de outubro de 2011

ALEM DO RIO E DO ARCO ÍRIS- Por Rivaldo R.Ribeiro





Chovia sereno, mas triste...
Olhava da janela alta os campos opaco,
Livre porque podia ir...
Preso porque a água caia fria

Saudade do outro lado do rio,
Lá morava meu amor,
Imaginava o que ela fazia naquele momento,
Também olhava pela janela alta e via os mesmos campos opaco.
 Tempo de chuva nos aquieta o corpo,
Mas a mente fervilha de poesia e sentimento,
Ora ficamos tristes... Ora alegres...

A chuva caia quase como uma neblina,
Mas mostrava que o sol ainda estava ali,
A sua luz branca e viva criava no céu um arco íris.
Meu amor do outro lado do rio estava alem do arco Iris...
Distante dos meus olhos e de mim.

Alem do arco Iris, não havia nada... Porque lá ele não existia...
Fechei a janela alta e adormeci...








ARCO ÍRIS


O arco íris é um fenômeno deveras intrigante e de muita admiração, nas lendas populares dominavam histórias fantásticas para todos os gostos e imaginação. Diziam que no final do arco íris havia um pote de ouro, ou a ameaça das mães aos meninos travessos dando conta que a passagem por baixo do arco íris trocariam de sexo, e os garotos dessa forma se comportavam depois das chuvas.

E o que mais me convencia era que o arco íris seria o caminho para o céu, porque nos vem a mente algo perfeito, de grande equilíbrio de paz e harmonia.
Hoje compreendo que ele pode ser o reflexo do equilíbrio na natureza: um caminho para o céu. Céu? Paraíso: campos verdes, florestas protegidas, flores, insetos, vida...

O arco íris é um fenômeno da física, óptico e meteorológico que quando a luz branca do sol atravessa as gotinhas de água na atmosfera após uma chuva "normal", transformam nas cores brilhantes que se formam no Céu. As gotinhas funcionam como um prisma que decompõe a luz branca do sol em varias cores (7) (vermelho, laranja, amarelo, verde, azul, índigo ou anil e violeta).
Assim o arco íris atesta o equilíbrio climático na região de sua ocorrência, pois são formados após chuvas calmas e tranqüilas, como diziam o pessoal lá da roça "uma benção que veio do céu."

Um fenômeno maravilhoso que já tornam raros, com aridez que se tornam nossos campos, por causa das queimadas, desmatamentos, os arco íris só poderão ser vistos nas fotos.
(Rivaldo R.Ribeiro)



Intimações de Imortalidade



"A luz que brilhava tão intensamente
Foi agora arrancada dos meus olhos,
E embora nada possa devolver os momentos
De esplendor na relva e de de glória nas flores,
Não sofreremos, melhor, encontraremos força no que ficou prara trás".
(William Wordsworth)