sexta-feira, 22 de junho de 2012

PAI...






Perdi meu pai há 47 anos, segui meu caminho sozinho, o mundo foi diferente e triste, os desafios foram mais severos, as descobertas mais doloridas, as distancias mais longas.

Quanta falta ele fez! Hoje vivendo o futuro resultado de todas as lutas, estou certo que venci sem grandes vitórias, mas venci...Pois os obstáculos foram difíceis e muitas vezes injustos...


Postar um comentário