terça-feira, 29 de outubro de 2013

"OLHAR DE OPINIÃO “

Rivaldo R. Ribeiro. 
"As pessoas inteligentes não têm medo da verdade, porque sabem comportar-se" (...) Os comportamentos das pessoas são geralmente medidos por toda a sociedade; este olhar de opinião é o que determina que somos sócios e que participamos desta sociedade, e sinaliza se estamos preparados ou não a participar desta mesma sociedade, como tal temos de cumprir regras que disciplinam a moral, o respeito, a ética, boa vizinhança, evitar atitudes que podem incomodar outras pessoas, afinal os nossos limites e direitos termina aonde começa o do outro. 
Os políticos vivem de olho nas pesquisas de opinião publica, porque democraticamente pode ser a luz que iluminará os caminhos dos governantes e por meio delas traçarem diretrizes para seus governos ou para serem eleitos, pois a sabedoria popular é irrefutável, e sua opinião pode ter um grande poder transformador.
.
David Hume, em seu livro Ensaio sobre o Entendimento Humano, escrevia: "Embora os homens possam ser governados pelo interesse, ainda o mesmo interesse em si, todos os afazeres humanos são governados pela opinião pública". 
.
O olhar de opinião não se perde na memória, e tem uma incrível capacidade de relembrar o que fomos e o que aprontamos, notadamente nossos erros, porque acertos e vitórias os ciúmes e invejas alheias fazem questão de esquecer, porem os erros se tornam uma cicatriz inquietante que nenhuma plástica resolve. 
.
E para que não sofremos as conseqüências do terrível olhar de opinião, é aconselhável que não sejamos como os bêbados ou irresponsáveis que a 140 km por hora atropelam e matam. Os que obrigam os idosos a atravessarem a rua correndo, pois acredita que seu veículo não pode esperar alguns minutos. 
Aos tiranos comportamentais que invadem as avenidas com o som de seus carros acima do permitido, proibindo o sono reparador duma semana de trabalho ou vida inteira. 
.
Dos que realizam "festas e bailes" sem o necessário isolamento acústico (Como é duro tentar dormir, descansar de um trabalho honesto e não conseguir). 
Dos que praticam a corrupção descaradamente roubando nosso dinheiro suado, dos que são inflexíveis... Dos que... E por ai vai... Até o momento que alguém os incomoda, ai como se diz: pimenta nos olhos dos outros e refresco. 
.
Concluindo, procure usar sempre a sua boa parte porque ela nunca lhe será tirada. Seja inteligente! Nós não temos nada com a vida dos outros, será mesmo? Quantas vezes perdemos o sono, a tranqüilidade por causa das loucuras, maldades e irresponsabilidades alheia, quando nossos filhos estão se divertindo ou trabalhando, nossa preocupação com parentes no transito, com assaltos, falta de respeito, falta de educação dos filhos dos outros que ameaça os mais velhos, e os que estão a nossa volta será que todos dirão a verdade a nosso respeito? Por via das dúvidas eu vou me resguardar procurando agir da melhor maneira possível, para que meu comportamento não prejudique aos outros e como um bumerangue, a mim mesmo. 


Postar um comentário